• publicado em 17.08.2011
  • Índice de clima econômico no Brasil
  • recua em julho, aponta FGV
  • O ICE (Índice de Clima Econômico) do Brasil recuou de 5,9 pontos em abril para 5,8 pontos em julho e ficou abaixo da média histórica dos dez últimos anos (6,0 pontos).

    O indicador elaborado em parceria entre o Instituto alemão Ifo e a FGV (Fundação Getulio Vargas) foi divulgado nesta quarta-feira.

    A queda se deve à piora no ISA (Índice da Situação Atual) pois houve um pequeno aumento no IE (Índice de Expectativas). Entre abril e julho, aponta o levantamento, houve redução nos indicadores que medem a percepção sobre investimentos e consumo.

    Na América Latina, o ICE ficou estável em 5,6 pontos. Já o mundial caiu de 6,0 pontos para 5,4 pontos, mas o índice ainda está acima da média histórica desde julho de 2002.

    O indicador passou a refletir a situação desfavorável em Portugal, Grécia, Espanha, Itália e Reino Unido.

    Vale lembrar que a pesquisa foi realizada antes das turbulências que atingiram a economia mundial, como o rebaixamento da classificação de risco dos Estados Unidos.

    Fonte: Folha