• publicado em 01.08.2011
  • Intenção de compra de móveis
  • Sobe no terceiro trimestre do ano
  • Dados do Provar revelam que 10,4% dos consumidores brasileiros querem comprar móveis

    Os consumidores brasileiros devem comprar mais móveis no terceiro trimestre de 2011. Ao menos é o que indica a mais recente pesquisa do Programa de Administração de Varejo (Provar), que divulgou dados a respeito da intenção de compra e gasto nas lojas do País.

    Dos entrevistados, 10,4% afirmaram que pretendem comprar mobiliário nos próximos três meses. Este é o quarto melhor resultado da pesquisa, ficando atrás apenas de eletroeletrônicos (12,8%), informática (11,6%) e cine e foto (10,6%).

    No resultado geral a pesquisa apontou que 72,4% dos consumidores entrevistados pretendem realizar compras no varejo durante o terceiro trimestre. O número foi menor do que o 73,8% obtido no segundo trimestre.

    A intenção de compra móveis também apresentou evolução em relação ao ano passado. No comparativo entre o terceiro trimestre de 2010 com o mesmo período de 2011, o crescimento da categoria foi de 20,9%. Apenas os eletroeletrônicos ficaram a frente com 23,1% de aumento na intenção de compras na comparação anual. Já em relação ao segundo trimestre deste ano, o setor varejista de móveis cresceu 8,3%.

    A intenção de gasto de móveis – quanto o consumidor pretende gastar para suas compras – fechou com média de R$ 1,7 mil para o terceiro trimestre do ano. Em comparação com o segundo trimestre, o aumento foi de 53,8%.

    Fonte: Emobile