• publicado em 04.07.2011
  • Moveleiros participam de congresso
  • Para discutir desafios do setor
  •  “Desafio da mão-de-obra para indústria moveleira” foi o tema central

    Empresários, funcionários e estudantes participaram do II Congresso Moveleiro Paranaense, que ocorreu no dia 30 de junho na sede da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em Curitiba. Em workshops e palestras, os participantes discutiram o "Desafio da mão-de-obra para indústria moveleira", além da necessidade de capacitação, fidelização de funcionários, legislação trabalhista, parcerias de inovação, entre outros assuntos ligados ao setor.

    Entre os palestrantes, Max Gehringer, administrador de empresas, escritor e comentarista da CBN e Fantástico, falou sobre a gestão de pessoas no setor moveleiro. Além da necessidade de capacitar mão-de-obra, Gehringer lembrou da importância de criar empresas onde as pessoas se sintam bem e gostem de trabalhar.

    Outra palestra que atraiu um grande público foi a de Lincoln Seragini, membro da Academia Brasileira de Marketing e dos Conselhos do Programa marca Brasil Premium do Ministério do Desenvolvimento. Seragini falou sobre a importância da marca para criar um objeto de desejo e, consequentemente, valorizar o produto. "Tecnologia você compra. Design e criação não. Por isso a marca vale tanto."

    Além disso, os participantes puderam conferir uma mostra ecológica com criações de empresas paranaenses que reutilizam materiais como fibra de bananeira, resíduos de madeira e madeira plástica na fabricação de móveis. A exposição mostrou o trabalho de empresas que são parceiras do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) no desenvolvimento de novas tecnologias sustentáveis .

    Fonte: Emobile