• publicado em 15.06.2011
  • Inadimplência das empresas
  • deve subir nos próximos meses, diz Serasa
  • Indicador cresceu 2,1% em abril, 6º avanço mensal consecutivo.
    Inadimplência dos consumidores já está em ascensão, diz Serasa.

    A inadimplência das empresas, assim como já ocorre com os consumidores, deverá subir nos próximos meses, aponta a Serasa Experian, nesta quarta-feira (15).

    O indicador de perspectiva da inadimplência das empresas cresceu 2,1% em abril de 2011, o sexto avanço mensal consecutivo, atingindo o nível de 97,4. Já o indicador de perspectiva da inadimplência do consumidor cresceu 1,7% no mês, atingindo o patamar de 98,7, o sétimo avanço mensal seguido.

    O indicador tem a propriedade de antever, num horizonte de seis meses, em qual fase estará a inadimplência.

    Aperto monetário

    No caso das empresas, os economistas da Serasa avaliam que os juros cada vez mais elevados, por conta do aperto monetário em vigor, manterão pressões sobre o custo financeiro das companhias, especialmente durante o segundo semestre deste ano. “Tal combinação favorece a elevação, ainda que modesta, dos níveis de inadimplência”, avaliam, em nota.

    Para os consumidores, os especialistas notam que fatores como o maior grau de endividamento, a alta da inflação, o encarecimento do crédito e as perspectivas de um crescimento mais brando da economia e do mercado de trabalho neste ano acabam gerando maiores dificuldades aos indivíduos honrar compromissos.

    “A rodada de renegociações salariais de importantes categorias profissionais neste segundo semestre e o patamar baixo, em termos históricos, do desemprego deverão impedir um crescimento mais acentuado da inadimplência do consumidor, sinalizado pela manutenção ainda abaixo do nível 100 do indicador de perspectiva”, ressaltam os economistas, em nota.

    Fonte: G1