• publicado em 01.06.2011
  • Fluxo para emergentes
  • Deve superar US$ 1 tri em 2011, diz IIF
  • 'A maior parte da revisão de US$ 81 bilhões em nossa estimativa de 2011 se deve ao fluxo maior para China e Brasil', afirmou o organismo

     

    O investimento privado em mercados emergentes pode alcançar US$ 1,041 trilhão neste ano, acima da estimativa inicial de US$ 960 bilhões, afirmou o Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) nesta quarta-feira.

    "A maior parte da revisão de US$ 81 bilhões em nossa estimativa de 2011 se deve ao fluxo maior para China e Brasil", afirmou o organismo em relatório.

    O instituto espera que os estrangeiros retirem capital do Egito neste ano por causa da recente turbulência política. O IIF estima que o país já tenha "sofrido a retirada de cerca de 16 bilhões de dólares em capital privado" este ano.

    Em 2012, a entrada de capitais em países emergentes deve subir apenas ligeiramente, para US$ 1,056 trilhão, com o menor vigor da recuperação após a crise financeira.

    Fonte: Estadão