• publicado em 16.05.2011
  • Previsão para a inflação
  • Cai novamente
  • Para analistas do BC, o IPCA deve fechar em 6,31% neste ano

    Os analistas financeiros do Banco Central (BC) reduziram pela segunda vez consecutiva a estimativa para a inflação em 2011. Segundo o relatório semanal Focus, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve fechar este ano em torno de 6,31%. Na semana passada a previsão era de 6,33%.

    Tais quedas vêm sendo estimadas desde que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registrou aumento de 6,51% na inflação no comparativo de abril deste ano com o mesmo período do ano passado. O resultado ultrapassou o limite máximo de 6,5% estipulada pelo governo.

    No entanto, a inflação está longe do centro da meta, que é 4,5%. Neste sentido o governo deve elevar a taxa básica de juros (Selic), atualmente em 12% ao ano, para 12,5% até o fim de 2011. Essa é a previsão dos analistas do BC.

    A expectativa para o crescimento da produção industrial caiu para 3,73% (na semana passada o valor era de 3,78% e há quatro semanas era de 4,08%). Já a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) manteve os 4% das semanas anteriores. A balança comercial, por sua vez, deve apresentar superávit na ordem de US$ 19,5 bilhões, conforme o relatório.

    Fonte: Emobile