• publicado em 06.05.2011
  • Bovespa ganha 1,32% na abertura
  • Dólar recua para R$ 1,60
  • O mercado de brasileiro de ações valoriza logo após o início dos negócios desta sexta-feira. Os investidores devem repercutir os dados sobre emprego nos EUA, ansiosamente aguardados nesta semana, e a variação do IPCA, o índice oficial de inflação brasileiro.

    Ontem, a Bolsa emendou seu quarto dia de perdas, em meio à derrocada generalizada dos preços das commodities. O barril de petróleo, uma das matérias-primas com a retração mais forte registrada ontem, ainda mostra queda de 0,4% nos negócios iniciais desta sexta.

    O Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa paulista, sobe 1,32%, aos 64.243 pontos. Ontem, a Bovespa fechou em queda de 0,33%.

    Na Europa, a Bolsa de Londres sobe 0,41%; em Frankfurt, o índice Dax avança 1,04%.

    O dólar comercial é cotado por R$ 1,605, em queda de 1,23%. A taxa de risco-país marca 166 pontos, número 1,19% abaixo da pontuação anterior.

    O Departamento de Trabalho dos EUA apontou a criação de 244 mil postos de trabalho em abril, bem acima das expectativas de 186 mil, o consenso entre economistas do setor financeiro. A taxa de desemprego, no entanto, aumentou de 8,8% para 9%. Enquanto o primeiro número é obtido a partir de pesquisa junto a empresas, o segundo é calculado a partir de levantamento em residências.

    No front doméstico, o IBGE apontou uma inflação de 0,77% em abril, ante 0,79% em março. Em 12 meses, o IPCA tem uma alta acumulada de 6,51% --superior ao "teto" da meta do governo (6,5%) para este ano.

    EMPRESAS

    Ontem à noite, a mineradora Vale anunciou um novo resultado histórico: um lucro de R$ 11,291 bilhões, em um crescimento de 292,2% ante os R$ 2,879 bilhões registrados em igual período do ano anterior. Na comparação com o quarto trimestre de 2010, a alta foi de 12,9%.

    O aumento reflete preços maiores de seu principal produto, o minério de ferro, e a venda de ativos de alumínio à norueguesa Norsk Hydro, por US$ 5,9 bilhões.

    E hoje, a cadeia varejista Lojas Americanas informou um lucro líquido de R$ 62,4 milhões para o primeiro trimestre, em um incremente de 28,1% sobre o resultado apurado no mesmo período de 2010.

    Fonte: Folha