• publicado em 15.04.2011
  • Empresas moveleiras do PR inovam
  • No uso de embalagens
  • Projeto desenvolvido pela Fiep capacitou 31 indústrias paranaenses

    O projeto "Al-invest Clínica de Embalagens", desenvolvido pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) deu consultoria a algumas empresas do Estado e teve como objetivo fortalecer a capacidade de comercialização dos produtos nas empresas de móveis e madeira do estado.

    Realizado através do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Fiep com apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e recursos do programa Al-Invest, da União Européia, o projeto buscou técnicas sustentáveis e rentáveis para melhorar o processo de produção de embalagens para móveis e capacitou 31 indústrias paranaenses.

    Para Emílio Menezes, especialista em embalagens, a iniciativa da Fiep é inovadora visto que muitos setores ainda não dão importância a embalagem em seus processos produtivos. "A embalagem se comunica com o consumidor, é a primeira coisa com a qual ele tem contato.", pontua.

    A consultoria foi realizada em três etapas: A primeira foi destinada a diagnóstico individual de cada empresa, período no qual foi analisado particularidades como o tipo de produto fabricado, as características dos processos, os materiais utilizados, distribuição entre outras processos. Na segunda e terceira etapa foram realizadas assistências técnicas.

    O programa conta com o apoio do Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná (Simov), Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (Sima) e do Sindicato das Indústrias de Madeira e Móveis de Francisco Beltrão (Sindimadmov).

    Fonte: Emobile