• publicado em 13.04.2011
  • Exportações de produtos agrícolas
  • Alcançam US$ 79,8 bilhões
  • As vendas de produtos agrícolas para o exterior bateram novo recorde em 12 meses e alcançaram US$ 79,8 bilhões entre abril de 2010 e março de 2011. Na comparação com abril de 2009 e março de 2010, o agronegócio teve crescimento de 19,7%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério da Agricultura.

    A soja manteve a liderança entre os produtos exportados pelo agronegócio brasileiro e teve crescimento de 26,3%, o que representa uma receita de US$ 2,05 bilhões.

    De acordo com o ministério, o aumento na receita do complexo soja (grãos, farelo e óleo) não representou alta nas vendas para o exterior. Segundo a divulgação, houve redução da quantidade exportada de grãos e farelo. A queda, porém, foi compensada pela elevação dos preços desses produtos no mercado internacional. O preço dos grãos teve alta de 34,1% e o do farelo de 19,5%.

    O complexo sucroalcooleiro (açúcar e etanol) também teve um bom desempenho. O setor teve crescimento de 27,1%, o equivalente a US$ 899 milhões. Houve também aumento dos preços e da quantidade exportada. O açúcar teve alta de 14,8% nos preços e o valor exportado ficou em US$ 838 milhões. Em relação ao álcool, foi registrado um incremento de 20% nos preços, totalizando US$ 60 milhões nas exportações.

    A União Europeia foi a região que mais importou produtos agrícolas brasileiros entre abril de 2010 e março de 2011. As importações europeias passaram de US$ 1,6 milhão em março de 2010 para US$ 2,2 milhões em março de 2011. Em segundo lugar, está a Ásia, com US$ 1,948 milhão.

    Fonte: Folha