• publicado em 13.04.2011
  • Networking em feiras e eventos
  • Confira dicas de como aperfeiçoar técnicas de relacionamento profissional

    As feiras do setor moveleiro atraem milhares de empresários de diversas áreas e são, por natureza, ambientes propícios para o fortalecimento de relações comerciais e até mesmo pessoais. Pequenas, médias e grandes empresas podem se beneficiar do networking que estes eventos viabilizam. Em entrevista ao eMobile, Millor Machado, o engenheiro de controle e automação, sócio da Empreendemia - rede social para empresários - e editor do blog de empreendedorismo Saia do Lugar, dá algumas dicas para empresários interessados em ampliar seus relacionamentos durante feiras e demais reuniões de profissionais do mercado.

    eMobile: O setor moveleiro realiza várias feiras de grande porte no Brasil. Como os participantes podem focar seus objetivos em networking em ambientes tão frenéticos e competitivos?

    Millor Machado: O maior desafio em um evento de grande porte é conseguir se diferenciar no meio de tantas empresas. A boa notícia é que a maioria das empresas faz sempre as mesmas coisas, o que as torna facilmente ignoráveis e abre espaço para empresas com uma abordagem diferente.

    Simplesmente entregar o cartão de visitas para o maior número possível de pessoas não é uma boa estratégia, já que dificilmente as pessoas lembrarão de todos os contatos feitos, muito menos dos cartões recebidos sem nenhum tipo de interação.

    A melhor opção é conversar com um número menor de pessoas, mas com uma interação maior. Vale a pena lembrar que mais importante do que o número de contatos feitos, o número que importa é o número de pessoas que lembrarão da sua marca depois do evento.

    eMobile: Ousadia pode ajudar nos relacionamentos durante o evento. Mas em que medida ele atrapalha?

    Millor Machado: Ousadia sem dúvidas é fundamental, mas o empresário precisa tomar cuidado para não ficar chato. Se a outra pessoa deu sinal de que não pode conversar no momento ou que não tem interesse no serviço oferecido, o melhor é desistir e focar na interação com outra pessoa, que esteja mais interessada.

    eMobile: Como pequenos empresários podem se beneficiar de relacionamentos entre si? E com outras empresas de grande porte?

    Millor Machado: A grande vantagem de construir relacionamentos é o acesso a indicações tanto de clientes quanto de fornecedores. Na medida em que você tem contato com pessoas de confiança, a probabilidade de surgirem negócios de qualidade a partir dessa rede é muito maior do que se forem feitos novos contatos a partir do zero.

    No caso de empresas de grande porte, elas normalmente têm um processo de compras extremamente longo e complexo. Manter um relacionamento é fundamental para conseguir aproveitar a janela de oportunidade que se abre quando a empresa e todos os tomadores de decisão chegam à conclusão de que está na hora de comprar.


    eMobile: Para os mais tímidos, o que eles devem fazer para se exporem mais durante um evento?

    Millor Machado: A timidez normalmente é causada pelo medo da rejeição e só existe um remédio para isso, a prática. Conforme o empresário consegue bons contatos, ele se sente mais confiante para iniciar novas conversas e vê que quando há a rejeição, ela não é tão grave quanto parece ser. Para pessoas tímidas é um pouco mais difícil, mas o único jeito de conseguir bons resultados é agir mesmo com o medo e tentar iniciar novas conversas.

    Fonte: Emobile