• publicado em 08.04.2011
  • Flexibilidade na produção
  • Empresários brasileiros conhecem linha de produção da Biesse
  • Em visita às estruturas do Grupo Biesse, a delegação de empresários brasileiros foi recebida pelo coordenador de negócios da empresa, Luciano Bonamici. Segundo ele, um dos principais objetivos do grupo é atender o cliente e mantê-lo atualizado. "Como produtores de tecnologia temos a necessidade de manter os nossos clientes – nos 16 países que exportamos – informados sobre qualquer tipo de processo tecnológico", disse Bonamici.

    Em 2010 o grupo Biesse faturou 468 milhões de euros. "Ainda sentimos impactos da crise econômica, mas o mercado já apresenta resultados positivos nestes três primeiros meses. Estamos prevendo um faturamento na casa dos 500 milhões de euros em 2011", aponta Bonamici, destacando que em 2008, antes da crise, o grupo faturou 540 milhões de euros.

    Durante a visita os empresários brasileiros conheceram as áreas de produção de máquinas para madeira e móveis, o setor de mecatrônica, responsável pelo desenvolvimento de todos os processos tecnológicos e a área de maquinas para mármores e vidros.

    Um dos principais responsáveis pelo processo de produção é o conceito adotado pelo grupo. "Utilizamos a mesma estratégia de produção adotada pela automotiva Porsche onde o tempo é uma preciosa ferramenta presente em todas as fases da produção", disse Bonamici.

    A delegação brasileira conheceu o protótipo da maquina inovadora que será apresentada na próxima edição da Ligna, na Alemanha. Os fabricantes orgulhosos ainda mantêm mistério sobre o nome da maquina, mas garantem que a Biesse será a primeira fabricante de máquinas no mundo a produzir um equipamento que faz todos os processos necessários na fabricação do móvel com flexibilidade, do corte do painel a montagem e aplicação de acessórios.

    Biesse foi fundado pelo italiano Giancarlo Selci em 1970 em Pesaro, na Região de Marche, na Itália. O grupo se destaca pela tecnologia presente nas maquinas que produz para os segmentos de madeira, moveis e mármores.

    Fonte: Emobile