• publicado em 18.03.2011
  • Inflação do aluguel
  • Desacelera na 2ª prévia de março, diz FGV
  • No ano, índice acumula alta de 2,40% e, nos últimos 12 meses, de 10,91%.
    Índice do atacado, que compõe o IGP-M, passou de 1,07% para 0,68%.

    A inflação do aluguel, medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), ficou em 0,59% na segunda prévia de março. Considerando o mesmo período do mês anterior, a variação fora de 0,88%. O levantamento foi divulgado nesta sexta-feira (18) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

    No ano, o índice acumula alta de 2,40% e, nos últimos 12 meses, de 10,91%.

    O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), uns dos componentes do IGP-M, passou de 1,07% para 0,68% nesta apuração. No período, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,45%, contra 0,54% em fevereiro. Dos sete grupos de despesa que compõem o índice, três tiveram desaceleração de preços, com destaque para gastos com educação, leitura e recreação (de 1,68% para 0,05%).

    A variação de preços também recuou nos grupos despesas diversas (de 1,49% para 0,42%) e transportes (de 1,56% para 0,96%).

    Na contramão, ficaram mais caras as despesas com vestuário (de -0,45% para 0,76%), alimentação (de -0,07% para 0,19%), saúde e cuidados pessoais (de 0,31% para 0,56%) e habitação (de 0,48% para 0,53%).

    Custo da construção


    Na segunda prévia de março, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) ficou em 0,37%, ante alta de 0,42% no mês anterior. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços passou de 0,67% para 0,56%. O índice que representa o custo da mão de obra repetiu a taxa de variação da última apuração, que foi de 0,17%.

    Fonte: G1