• publicado em 09.02.2011
  • Inadimplência sobe 25%
  • Em janeiro e tem maior alta desde 2002
  • A inadimplência dos consumidores brasileiros teve aumento de 24,8% em janeiro em relação ao mesmo mês do ano passado, o maior crescimento nesse confronto desde julho de 2002, segundo o indicador da Serasa Experian divulgado nesta quarta-feira.

    Apesar dessa alta, houve queda de 3,3% na comparação mensal, com dezembro. O recuo e o cenário econômico revelam que a inadimplência está sob controle, na opinião dos analistas da entidade.

    De acordo com os economistas, o acréscimo na comparação entre os meses de janeiro é resultado da expansão do endividamento dos consumidores, que cresceu acentuadamente durante todo o ano passado. Por outro lado, o recuo ante dezembro mostra que a inadimplência não conta com a mesma aceleração dos meses anteriores --foram oito altas mensais seguidas entre maio e dezembro.

    Os cheques sem fundos foram os principais responsáveis pelo recuo do índice mensal, com queda de 13,4%. Já no confronto com o mesmo mês do ano anterior, o valor médio das dívidas com os bancos teve queda de 8,2%, a única modalidade com variação negativa.

    Fonte: Folha