• publicado em 24.01.2011
  • Inflação semanal
  • Acelera e tem maior taxa em quase 1 ano
  • O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) apresentou variação de 1,18% na terceira prévia de janeiro, 0,12 ponto percentual acima da taxa registrada na última divulgação. O indicador medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgado nesta segunda-feira registrou a maior taxa de variação desde a primeira semana de fevereiro de 2010, quando o índice registrou alta de 1,33%.

     

    O destaque de alta ficou para o grupo educação, leitura e recreação, com variação de 2,98%, comparado a 2,43% antes, refletindo os reajustes dos cursos formais (3,81% para 4,90%). Outro grupo que apresentou aceleração foi o de transportes, no qual a tarifa de ônibus urbano teve alta de 4,36%, ante 2,71%.

     

    Na outra ponta, os grupos alimentação (1,69% para 1,64%) e vestuário (0,38% para 0,36%) registraram desaceleração, influenciados pela queda nos preços da carne bovina (0,34% para -0,66%) e pela alta menor dos calçados (0,44% para 0,42%), respectivamente.

    Ainda de acordo com a FGV, o grande "vilão" no grupo de alimentos foi o tomate, que teve alta de 39,68% quando comparado com a medição anterior.

    Já o limão e o feijão carioquinha foram os itens que registraram os maiores recuos (25,28% e 15,84%, respectivamente).

    Fonte: Terra