• publicado em 22.12.2010
  • Gasto com publicidade
  • Brasil aumenta 20,6%
  • O gasto com publicidade no Brasil cresceu 20,6% nos dez primeiros meses do ano, na comparação com o mesmo período de 2009.

    Juntos, os veículos de comunicação faturaram R$ 21,1 bilhões com publicidade até outubro de 2010, segundo dados do Projeto Inter-Meios.

    A internet é a mídia de maior crescimento no país. Cresceu 28,85% no acumulado do ano até outubro, atingindo um faturamento de R$ 933 milhões. Com essa receita publicitária, que deve passar de R$ 1,1 bilhão até o final do ano, a internet se consolida como o quarto maior veículo, com 4,91% de participação.

    Mas a internet, que neste ano nos Estados Unidos deve ultrapassar os jornais em verba publicitária, ainda está distante dos principais veículos no Brasil.

    Televisão detém 62,64% do mercado, jornais, 12% e revistas, 8%. Dentre os três maiores, apenas a televisão cresce acima da média do mercado (25,72%, alcançando um faturamento de R$ 13,36 bilhões).

    Jornais e revistas continuam crescendo, mas em ritmo menor, de 5,33% e 15,77% respectivamente. O faturamento de meio jornal com publicidade foi de R$ 2,66 bilhões nos primeiros dez meses do ano. Já as revistas faturaram R$ 1,54 bilhão no mesmo período.

    A televisão por assinatura, que detém uma participação ligeiramente inferior à da internet (4,24%), também cresce de forma vigorosa nos últimos meses: 26% no acumulado do ano até outubro.

    A mídia exterior (outdoors e mobiliário urbano) cresceu 17,57%, para R$ 615 milhões. A publicidade em cinema, que detém menos de 0,5% do mercado, cresceu 14,26%, alcançando R$ 72,6 milhões.

    A única mídia que encolheu em 2010 foi a de guias e listas, com queda de 10%. Nos dez primeiros meses do ano, esse segmento atraiu R$ 272 milhões em publicidade.

    PROJEÇÃO

    A consultoria ZenithOptimedia, do grupo Publicis, estima que o mercado de publicidade brasileiro deverá crescer 31% entre 2010 a 2013. Com esse crescimento, o Brasil deve acrescentar US$ 4,41 bilhões ao total de gastos com publicidade no mundo nos próximos três anos.

    Será, segundo a consultoria, a quarta maior contribuição de crescimento, atrás de EUA, China e Rússia. Esses países vão incrementar o mercado com uma verba adicional de US$ 13,3 bilhões, US$ 11,6 bilhões e US$ 4,43 bilhões, respectivamente.

    De acordo com a consultoria, nos próximos três anos o mercado publicitário global deve crescer, anualmente, entre 4,6% e 5,2%. Apenas em 2012 o mercado deverá superar o nível de gastos com publicidade registrado em 2008.

    A maior categoria de incremento no mundo é a internet, que cresce três vezes mais rápido do que o mercado como um todo.

    Fonte: Folha