• publicado em 17.11.2010
  • Sesi de Votuporanga fará vestibulinho
  • Escola está com matrículas abertas
  • A escola Sesi (Serviço Social da Indústria) de Votuporanga está com inscrições abertas para 2011. Os interessados devem ir até a instituição de ensino na rua São Paulo — próxima ao ginásio de Esporte "Jane Maria de Lacerda Soares" —, das 9 às 16 horas e levar certidão de nascimento do filho, RG, declaração de escolaridade, carteira de trabalho do responsável e comprovante de residência.

    A diretora da escola, Deodete das Graças Valente Geraldo, contou que o prazo para a matrícula é até 24 de novembro. "Estamos com vagas para o primeiro ano e o segundo anos do Ensino Fundamental. Vamos formar turma do Ensino Médio a partir do ano que vem", explicou. Ela ressaltou que os alunos que fizerem inscrição para o segundo ano passarão por um processo seletivo que será no dia 5 de dezembro. "Os classificados estudam na escola.

    Da mesma forma acontece com o primeiro ano do Ensino Médio", frisou.
    Deodete enfatizou que do primeiro ao quinto ano o período é integral. "No sexto e no sétimo anos, o tempo é parcial. Já em 2012, até o nono ano do Ensino Fundamental, o período será integral. No Ensino Médio, é parcial, sendo que os estudantes se dividem entre o Sesi e o Senai. Servimos três refeições", afirmou.

    Os alunos irão se mudar para o novo complexo, até maio. A Fiesp vai investir R$ 32 milhões na construção das duas unidades educacionais do Sesi e Senai. A obra de construção foi dividida em etapas. Na primeira serão investidos R$ 8 milhões na construção de dois blocos de 5 mil metros quadrados. A obra terá estilo sustentável, com piso intertravado, para um melhor escoamento da água; aproveitamento da iluminação solar e utilização da água da chuva. A unidade do Sesi terá seis turmas do ensino médio e nove do ensino fundamental, com capacidade para 500 alunos.

    A segunda etapa é a ampliação e modernização da escola Senai/Cemad, para a instalação de novos cursos tecnológicos. Serão 8 mil metros quadrados de área construída. Nessa unidade, a Fiesp vai investir R$ 14 milhões, perfazendo R$ 32 milhões nas duas unidades, com a construção e aquisição de equipamentos. A Prefeitura adquiriu a área por R$ 5 milhões, que serão pagos em quatro anos. O término do pagamento está previsto para novembro de 2012.

     

    Fonte: Jornal A Cidade

    Andressa Aoki