• publicado em 26.10.2010
  • Arrecadação tributária no ano
  • Chegou a R$ 1 trilhão na última terça-feira
  • A arrecadação tributária no país neste ano alcançou R$ 1 trilhão. A marca será registrada nesta terça-feira (26/10) pelo Impostômetro (painel instalado no centro da capital paulista que registra, em tempo real, a carga tributária no país).

    Esse foi o total de tributos que os contribuintes brasileiros pagarão  aos três níveis de governo (União, Estados e municípios) nos primeiros 299 dias deste ano.

    A previsão foi do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), que também estima em R$ 1,27 trilhão o total a ser pago até o final do ano. Em 2009, a carga fiscal foi de R$ 1,09 trilhão.

    Para os contribuintes terem ideia da carga tributária atual, os brasileiros pagaram R$ 3,34 bilhões por dia em tributos até agora.

    Se a previsão de R$ 1,27 trilhão se confirmar, a carga fiscal diária subirá para R$ 3,48 bilhões até o final do ano. Até hoje, cada brasileiro --não importa a idade-- já pagou R$ 5.193 aos governos federal, estaduais e municipais. Até o final do ano é provável que esse valor alcance R$ 6.597 per capita.

    Este é o terceiro ano em que a carga tributária no país chega a R$ 1 trilhão. Em 2008, ela foi atingida, pela primeira vez, no dia 15 de dezembro. No ano passado, em 14 de dezembro.

    A marca de R$ 1 trilhão em 2009 deveria ter sido alcançada já em novembro, mas, devido à crise econômica iniciada em setembro de 2008, só foi atingida um dia antes da de 2008.

    Neste ano, a marca será atingida 50 dias antes da de 2009 devido ao avanço da economia e ao maior número de empregos formais. Com o aquecimento econômico, as empresas produzem mais, vendem mais, lucram mais e pagam mais tributos. O mesmo ocorre com as pessoas físicas, devido ao aumento do emprego e da renda.

    Folha.com