• publicado em 22.10.2010
  • Setor de turismo cresceu 22%
  • De 2003 a 2007, diz IBGE
  • Pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que o setor de turismo cresceu acima do ritmo da economia entre 2003 e 2007. Neste período, o setor acumulou alta de 22%. O conjunto da economia brasileira registrou alta de 19,3% na mesma base de comparação.

    Mesmo com essa expansão, a contribuição do setor de turismo para o PIB (Produto Interno Bruto), excluindo os impostos, permaneceu em 3,6%. Em 2007, essa contribuição somou R$ 82,7 bilhões.

    As atividades com maior peso na contribuição do setor para o PIB, excluindo o efeito dos impostos, foram serviços de alimentação, transporte rodoviário e atividades recreativas, culturais e desportivas.

    EMPREGO

    O setor de turismo empregava, em 2007, 5,9 milhões de pessoas, o que representa uma fatia de 10% das vagas totais de serviços no país. Quando se contabiliza a geração de vagas de 2003 a 2007, o crescimento do número de postos ficou em 9,6%, abaixo dos 12% verificados para o conjunto da economia.

    As atividades que mais criaram vagas foram aluguel de bens móveis, atividades recreativas, culturais e desportivas e transporte rodoviário.

    Uma das dificuldades de avaliar o desempenho do setor é a diversidade de ocupações. Em 2007, o setor pagou uma remuneração média anual de R$ 6,1 mil. O cálculo inclui desde atividades como o transporte aéreo, que oferecia remuneração média anual de R$ 62,2 mil, até os serviços de alimentação, com um valor de R$ 3,7 mil.

    Folha.com