• publicado em 23.08.2010
  • Estrangeiros
  • Crescimento atrai trabalhadores estrangeiros, diz governo
  • O Ministério do Trabalho informou nesta segunda-feira (23) que foram concedidas, no primeiro semestre de 2010, 22,1 mil autorizações de trabalho para estrangeiros, o que representa um crescimento de 18,8% sobre o mesmo período do ano passado.

    O presidente do Conselho Nacional de Imigração, Paulo Sérgio de Almeida, avaliou que o crescimento não tem relação com uma possível falta de mão de obra qualificada, mas que seria um reflexo do aumento dos investimentos no Brasil.

    "A vinda desses profissionais está relacionada com a implementação de investimentos seja pela aquisição de máquinas e equipamentos importados, que demandam a vinda de técnicos para a montagem, instalação ou repasse da tecnologia; seja pela instalação de novas empresas estrangeiras, que demanda a vinda de profissionais estrangeiros para a fase de instalação; seja pela vinda de embarcações e plataformas estrangeiras para exploração de petróleo, que vêm ao Brasil com suas tripulações estrangeiras, e gradativamente contrata brasileiros para trabalho a bordo", disse Almeida.

    Do total de autorizações concedidas para estrangeiros no primeiro semestre deste ano, o Ministério do Trabalho informou que 20.760 são temporárias e 1.428 permanentes. No mesmo período do ano passado, as permanentes somaram 1.335, e as temporárias, 17.334.

    Setores
    Entre as autorizações concedidas, 8.244 são para trabalhadores estrangeiros que atuam a bordo de embarcações ou plataforma estrangeira (no primeiro semestre de 2009, foram 6.670); 3.724 para assistência técnica por prazo de 90 dias, sem vínculo empregatício (2.858 no mesmo período do ano passado).

    Também foram concedidas, no primeiro semestre de 2010, 3.270 autorizações para artistas e desportistas (2.903 em 2009); 2.532 para assistência técnica, cooperação técnica e transferência de tecnologia, sem vínculo empregatício (2.080 em 2009); e 770 para marítimos estrangeiros empregados a bordo de embarcação de turismo estrangeira que opera em águas brasileiras (933 nos primeiros seis meses do ano passado).

    Do G1, em Brasília