• publicado em 13.07.2010
  • Inflação para a terceira idade diminui
  • No segundo trimestre, IPC-3i teve variação de 0,92%
  • A inflação nos gastos dos consumidores da terceira idade, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), registrou variação de 0,92% no segundo trimestre deste ano, conforme informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (12). No primeiro trimestre, o índice registrou variação de 2,72%.

    A variação do IPC-3i em 12 meses, que está em 5,10%, superou a taxa acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor - Brasil (IPC-BR), que registra alta de 4,93%, no mesmo período.

    Entre os sete grupos de despesa que compõem o IPC-3i, os gastos que mais contribuíram para o resultado foram os com alimentação (de 5,80% para 0,01%), transportes (de 3,87% para -0,62%) e despesas diversas (de 1,88% para 1,12%).

    Por outro lado, as despesas que mais tiveram alta foram com saúde e cuidados pessoais (0,96% para 2,12%), vestuário (-0,77% para 3,58%) e habitação (1,11% para 1,38%).

     

     

    G1- São Paulo