• publicado em 04.12.2009
  • Giobel participa de Encomex
  • A empresa Giobel Móveis Corporativos de Votuporanga participou
  • encomex

    Por Monaliza Pelicioni

     

    O Encomex - Encontro de Comércio Exterior realizado nos dias 2 e 3 de dezembro, no Ipê Park Hotel, em São José do Rio Preto, superou as expectativas. O evento foi marcado com seminários, painéis e oficinas, proferidos por representantes dos setores público e privado, sobre o comércio exterior. O encontro também sediou um showroom institucional, no qual os participantes puderam receber atendimento individual, para esclarecimentos mais específicos sobre temas ligados ao comércio exterior.  

    A cerimônia de inauguração aconteceu na manhã da quarta-feira e contou com a participação de autoridades e empresários da região de diversos setores - o que amplia as relações comerciais das cidades do interior.

    Para o empresário Agnaldo Giolo, diretor da Giobel Móveis Corporativos a participação da empresa no showroom foi de extrema importância, “fizemos contatos com tradings de outros estados, pessoas que trabalham no comércio exterior o que contribui muito para futuras exportações,” disse.

    Durante os dois dias do evento, muitos negócios foram fechados, muita informação foi passada por meio das atividades formativas, vários contatos foram feitos – tudo para cumprir o papel do encontro: de criar uma cultura exportadora para os empresários da região Noroeste Paulista. Vários empresários da cidade estiveram presentes, outras empresas de Votuporanga também participaram do showroom, como: Tamanho de gente e Cia do broto.

     Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, passaram pelos espaços do Encomex 600 empresários de 43 cidades como: Votuporanga; Araçatuba; Bebedouro; Bauru; Catanduva; Presidente Prudente; Santa Fé do Sul; Olímpia; Fernandópolis; Ribeirão Preto; entre outras.

     O secretário-adjunto da Secretaria de Comércio Exterior do MDIC, Fábio Martins Faria, acredita que o evento foi um agregador regional com foco nas exportações. A tendência é aumentar a participação dos micros e pequenos empresários da região no cenário nacional. “Tivemos um público qualificado e interessado nas oportunidades que o Encomex trouxe para São José do Rio Preto”, comenta. 

    A maior procura do público foi pelas atividades formativas. Foram 34 palestras, cursos, talk show, debates e oficinas em quatro salas diferentes de forma simultânea.

    O assistente de exportação da indústria Móveis Bechara, Uile Paranhos, participou dos dois dias de evento. “É uma oportunidade única de estar frente-a-frente com instituições que apóiam o Comércio Exterior, além de conhecer as mais novas ferramentas e literaturas sobre o assunto”, analisa.

    Encomex

    O Encomex é promovido desde 1997 pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do MDIC. Nesse período, foram realizadas 138 edições do evento, em mais de 80 municípios brasileiros.

    De lá para cá, as exportações brasileiras cresceram de US$ 52,982 bilhões, em 1997, para quase US$ 200 bilhões no final de 2008. A evolução dos números pode ser atribuída a diversos fatores, sendo um deles a disseminação da cultura exportadora, como realização dos Encontros de Comércio Exterior por todos os estados brasileiros.

    O evento conta com o apoio de órgãos como, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Sebrae, Apex Brasil, Federações, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Correios, BNDES, associações, sindicatos entre outros.

    Os apoiadores locais são: Associação Industrial da Região de Votuporanga; Facesp; Acirp; SENAI; Correios; Associação dos Produtores e Exportadores de Limão; Associação dos Joalheiros e Relojoeiros da Noroeste Paulista; Associação dos Profissionais e Empresas de Tecnologia da Informação; Sindicato das Indústrias de Móveis de Mirassol; Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Votuporanga; Vogel Transporte e Agenciamento de Carga Internacional; Caribbean Express Despachos Aduaneiros; Multiways Despacho Aduaneiro; Rio Port Logística e Despachos Aduaneiros; EADI – Rio Preto.