• publicado em 20.11.2009
  • Moveleiros pedem isenção de IPI
  • Os representantes da indústria de móveis pediram ao ministro da Fazenda
  •  

    Os representantes da indústria de móveis pediram ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, a isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) por seis meses. O setor sofre com a queda nas vendas e nas exportações.

     

    De acordo com o presidente da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), José Luiz Fernandes, as vendas no mercado interno caíram 5,7% em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado. Além disso, as exportações para a Argentina caíram 45% de janeiro a setembro.

     

    “A Argentina é o nosso segundo maior mercado exportador. Agora, as empresas estão com dificuldade de exportar e se voltam para o mercado interno, onde também a situação não está nada fácil”, afirmou Fernandez ao sair do encontro com o ministro da Fazenda.

    Segundo o presidente da Abimóvel, Mantega recebeu um estudo técnico do setor e prometeu  analisar as reivindicações. O pedido de isenção abrange não apenas os móveis, mas todas as matérias-primas usadas na produção.

     

    Também participaram do encontro os representantes da Associação Brasileira da Industria de Painéis de Madeira (Abipa) e do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV).