• publicado em 16.11.2009
  • Empresas aderem à ginástica
  • Funcionários que praticam exercício adoecem menos
  • ginástica

    Por Monaliza Pelicioni

    Funcionários que praticam exercício adoecem menos e causam menos prejuízos às empresas

    A falta de tempo e a modernização das empresas são fatores que tornam o trabalhador cada vez mais sedentário, com menor qualidade de vida.

    Em razão disso, alguns empresários, associados da Airvo/Sindimob (Associação Industrial da Região de Votuporanga/Sindicato das Indústrias do Mobiliário), estão oferecendo aos seus funcionários a Ginástica Laboral, um projeto da Unifev (Centro Universitário de Votuporanga), que tem como objetivo melhorar o desempenho do trabalhador durante a jornada de trabalho.

    A Ginástica Laboral é o exercício físico orientado e praticado durante o horário do expediente, com duração em média de 15 minutos, visa o bem-estar do funcionário e a redução do sedentarismo.

    As atividades são realizadas duas vezes por semana, nas dependências da própria empresa, com a orientação de alunos do curso de Fisioterapia da Unifev e a supervisão da fisioterapeuta Lourdes Patrícia Fernandes.

    Segundo o fisioterapeuta Danilo Alex de Lima Barboza, orientador das atividades físicas da empresa American Confort, a ginástica laboral atua na área preventiva e consiste em exercícios de aquecimento. “Ela prepara o organismo para o trabalho físico, diminui o estresse, melhora o nível de concentração e previne lesões e doenças por traumas acumulativos, como as LER (Lesões por Esforços Repetitivos) e os DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho)’’ disse.

    De acordo com a diretora da Atraente Movéis, Sueli Mariola, a ginástica laboral traz benefícios para a qualidade de vida do funcionário e melhora a eficiência no trabalho.

    Para a funcionária da empresa Giobel, Suéllen Danúbia, a ginástica ajuda a diminuir os problemas de saúde do trabalhador e em muitos casos aumenta a produtividade.

    Maria Aparecida Godoy de Oliveira, diretora da empresa Serra Azul, afirma que o trabalhador que participa do projeto torna-se imune de várias doenças, principalmente a LER.

    As empresas participantes do projeto são: Atraente Indústria e Comércio de Móveis, Giobel Móveis, Serra Azul Indústria de Móveis e Estofados, American Confort Indústria e Comércio de Móveis.