• publicado em 27.03.2019
  • FIMMA Brasil 2019
  • Superação e diferenciação marcam abertura






  • Feira tem início com mais expositores, novos projetos e a expectativa de bons negócios. A novidade, anunciada pelo presidente da feira, Henrique Tecchio, é a mudança na data para 2021

     

    A Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira (FIMMA Brasil) 2019 abriu suas portas nesta terça-feira (26) com a convicção de que esse será um dos melhores eventos dos últimos anos. O entusiasmo é motivado por uma série de razões, tanto pela superação do difícil momento econômico dos últimos anos da indústria como pela diferenciação que estarão presentes graças a uma série de novas iniciativas implementadas nesta 14ª edição. A feira segue até a próxima sexta-feira, 29 de março, das 13h às 20h.

    O presidente da FIMMA Brasil 2019, Henrique Tecchio, deu as boas-vindas a todos e em seu pronunciamento lembrou que nos últimos anos as empresas passaram por um dos piores momentos do país, tanto político como econômico, refletindo de forma direta no setor produtivo, pela falta de investimentos, falta de crédito, alta carga tributária, retração do mercado e desemprego. De acordo com Tecchio, o ano de 2018 demonstrou leve otimismo e em 2019 a FIMMA Brasil será um importante instrumento para que a cadeia produtiva moveleira aproveite o momento para realizar bons negócios, atingindo a expectativa de US$ 290 milhões. “Nos propomos a promover uma feira da diferenciação, inovadora, e estamos aqui para apresentarmos o que há de melhor em tecnologia, novas marcas, novos produtos, ou seja, a FIMMA Brasil se renova”, ressaltou.

    Além dos 380 expositores que estarão neste ano, sendo 35% presentes pela primeira vez, superando a edição anterior, a feira apresenta cinco novas iniciativas com a inclusão dos setores florestal e rochas, o projeto Mobstone FIMMA,  Workshop Arqday, o projeto Fábrica em Ação em parceria com a Affemaq e o convite a 200 empresários vips. São aguardados 25 mil visitantes para esta 14ª edição da FIMMA Brasil 2019.

    Como novidade para a edição de 2021, o presidente da FIMMA Brasil anunciou a mudança na data. “Há algum tempo estamos atentos às demandas de expositores, de empresários e profissionais que visitam a FIMMA Brasil e depois de uma análise criteriosa decidimos mudar a data. Em 2021 ela será realizada de 24 a 27 de agosto”, comunicou.

    Rogério Francio, presidente da Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs), iniciou seu pronunciamento lembrando que ao longo dos anos a feira tem contado com a participação fundamental de muitos empresários e que a união tem sido o incentivo a seguir cada vez mais adiante.

    Se tratando do setor, o dirigente também enfatizou que a crise mostrou algumas duras realidades, mas também trouxe ensinamentos, entre eles de como é importante fazer a lição de casa, de investir em tecnologias, de negociar com fornecedores e de buscarmos novos mercados. “As indústrias moveleiras do Rio Grande do Sul, por exemplo, por sua localização geográfica e por problemas de logística, perdem muitos negócios, pois precisam trazer matéria-prima do centro do país para beneficiar e depois enviar os produtos de volta, prontos para o principal mercado consumidor. Isso nos torna 20% menos competitivos. Precisamos debater a redução da carga tributária, visto que o atual formato tem tornado cada vez mais inviável o trabalho, precisamos de políticas de exportação que permitam competitividade mais igualitária e, para isso, urgem alternativas para desonerar a cadeia de insumos”, ressaltou.

    O prefeito em exercício de Bento Gonçalves, Aido Bertuol, também se pronunciou e enfatizou a importância da FIMMA Brasil nas quase três décadas que vem sendo realizada. “A cidade deve muito a essa feira que já nasceu internacional”, destacou. O vice-governador do Estado do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, exaltou a importância do setor moveleiro tanto para o Estado quanto para a cidade de Bento Gonçalves e acentuou a importância da feira para a ampliação do uso das tecnologias e o dinamismo que elas proporcionam para a indústria gaúcha.

    Pensada e organizada do setor para o setor, a FIMMA Brasil foi o primeiro evento internacional com foco a ser realizada no Brasil, a partir de 1993, tornando-se a quinta maior feira do mundo para o setor moveleiro. A grandiosidade, credibilidade e tradição podem ser confirmadas por meio da excelente diversificação de expositores que estarão nesta 14ª edição: 32% serão empresas de máquinas, 20% de matérias-primas, 18% de ferramentas, 15% de acessórios e 10% de componentes e 5% de outros segmentos.

     

    Números estimados para a FIMMA BRASIL 2019

    Área: 58 mil m² de área coberta e climatizada

    Números de expositores: 380 e 500 marcas expostas

    Países: 30

    Visitantes: 25 mil

    Geração de negócios: US$ 290 milhões

     

    FIMMA Brasil 2019

    Quando: 26 a 29 de março de 2019

    Onde: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS)

    Horário: 13h às 20h

    Entrada: gratuita mediante credenciamento

    Mais informações: www.fimma.com.br / +55 54 2102-2450