• publicado em 30.08.2012
  • Redução do IPI para móveis foi prorrogada
  • Governo prorrogou para móveis, painéis e laminados
  • O governo prorrogou nesta quarta-feira, dia 29, a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para móveis, painéis, laminados, produtos da linha branca, luminárias e materiais de construção. A medida vai até dezembro para todos os produtos, exceto os materiais de construção, que tiveram o benefício prorrogado até o fim do ano que vem e tiveram um acréscimo de quatro itens na lista.

    A alíquota incidente sobre os diversos produtos não mudou. Permanece, assim, zerada para móveis, painéis, laminados, tanquinhos, fogões, além de alguns itens da lista dos materiais de construção.

    O ministro da Fazenda, Guido Mantega, justificou a medida afirmando que o benefício permitiu aumento “considerável” nas vendas dos produtos em questão. “As empresas produzem mais no fim do ano e estamos estimulando isso”, disse. No total, o impacto das desonerações entre setembro e dezembro será de R$ 371 milhões para os móveis, painéis e laminados.

    José Luiz Diaz Fernandez, presidente da Abimóvel, ressalta a ágil resposta do Ministério da Fazenda que, em menos de 24 horas, pode dar uma resposta favorável para as medidas solicitadas, atendendo ao nosso pleito. Disse ainda que ”nossos empresários se mostram otimistas e confiantes na perspectiva de alavancar o crescimento até o final do ano e estimam que 2013 seja um bom ano para o setor produtivo de móveis brasileiros”. Finalizou enaltecendo o Ministro Mantega e toda a sua equipe que “nos atendeu e viabilizou esta medida tão esperada”.

     

    Karolline Bianconi
    Assessoria de Imprensa
    Airvo/Sindimob
    imprensa@airvo.com.br
    www.airvo.com.br
    (17) 3421-4077