• publicado em 13.08.2012
  • Conselho do Senai e Sesi se reúnem
  • Convite foi feito por Ricardo Zaccarelli Lopes
  • No último dia 9, estiveram reunidos os membros do Conselho Consultivo das Escolas Senai de Votuporanga, Sesi Fernandópolis e Sesi Votuporanga, no auditório do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). O convite foi feito por Ricardo Zaccarelli Lopes, presidente dos referidos Conselhos.

    Na pauta, estavam os assuntos: considerações sobre a Escola Sesi Votuporanga; Sesi Fernandópolis; realizações e perspectivas para 2012 da Escola Senai Votuporanga; apresentação do projeto da Nova Escola Senai Votuporanga; e a lei do Menor Aprendiz e Pessoas com Deficiência (fiscalização).

    O presidente dos Conselhos Consultivos, Ricardo Zaccarelli Lopes, iniciou as atividades agradecendo a presença dos Conselheiros, em especial aos que se deslocaram de Nhandeara, Valentim Gentil, Santa Fé do Sul e também ao prefeito de Votuporanga, Júnior Marão, membro do Conselho. Prosseguindo, ressaltou a melhoria das condições de atendimento aos alunos do Sesi de Fernandópolis e Votuporanga, devido os mesmos já estarem usufruindo das novas instalações. A inauguração oficial do Sesi Votuporanga deverá ocorrer no início de 2013 e, com a desocupação do antigo espaço, este deverá ser demolido a partir de setembro e, em seguida, iniciada a obra de edificação da nova Escola Senai de Votuporanga, o que irá possibilitar um aumento no atendimento da demanda por capacitação técnica da indústria regional.

    Ressaltou que o investimento nestas duas obras de Votuporanga deverá ser da ordem de R$40 milhões e o investimento no Sesi de Fernandópolis foi de aproximadamente R$10 milhões. Citou o investimento que a Unidade Senai Votuporanga recebeu nos últimos meses em novos equipamentos, que somam R$3.200.000,00, sendo R$200 mil em informática, R$1.250.000,00 na área moveleira, R$150 mil em equipamentos diversos e R$1.600.000,00 na área mecânica.

    Balanço

    Na sequência, o diretor do Senai Votuporanga, Pedro Teodoro de Faria, apresentou um relato das ações da unidade neste 1º semestre do ano. Iniciou informando o número de 3.250 matrículas em programas de capacitação profissional; mencionou o atendimento ao setor moveleiro em Votuporanga (15 empresas) e Mirassol (24 empresas) voltadas à Aprendizagem Industrial (Marceneiro e Operador de Máquinas de Usinagem de Madeira Convencionais e a CNC) e Sabesp (Agente Administrativo); enfatizou o aumento no atendimento à indústria local com a oferta do novo Curso Técnico de Fabricação Mecânica e o início do ensino articulado com o SESI de Fernandópolis e Votuporanga que conta com 19 alunos, sendo 11 do Sesi Votuporanga, 5 do Sesi Fernandópolis e 3 da comunidade de Votuporanga. Falou ainda da realização de cursos nas áreas de CNC, soldador, autocad no período noturno e aos sábados e que estes preenchem a totalidade do espaço das oficinas naqueles horários.

    Mencionou o atendimento à empresa Facchini na área de fundição, através de parceria técnica com a Unidade Senai de Osasco, possibilitando a capacitação de 30 funcionários em duas turmas. Informou também da capacitação em gratuidade nas áreas da Construção Civil e Vestuário. Registrou o atendimento feito às usinas de açúcar e álcool da região em programas de capacitação de 200 horas, por meio no projeto Crescer do Grupo Noble. Informou os presentes da parceria entre o Senai-Votuporanga e as prefeituras de Fernandópolis, Santa Fé do Sul e Cosmorama, com a realização de 309 matriculas em programas gratuitos e projetando 100 matrículas para o 2º semestre de 2012, nas áreas de Construção Civil, Metalúrgica, Vestuário e Sucroenergético. Mencionou o atendimento de 1.400 horas em Assessoria Técnica e Tecnológica às empresas de diversos segmentos e a modernização dos ambientes de ensino da Unidade.

    Vídeo

    Dando prosseguimento a reunião, foi apresentado o vídeo da maquete virtual da nova Unidade Senai de Votuporanga, sendo possível dimensionar a grandiosidade do projeto. Oportunamente será divulgado imagens do projeto à população votuporanguense.

    Experiência

    Em seguida, Zaccarelli convidou Deodete Geraldo e Rosicleide Carósio, respectivamente administradoras do Sesi Votuporanga e Sesi Fernandópolis, a apresentarem as ações de suas Escolas. Elas ressaltaram que o início das atividades nas novas Unidades do Sesi é a realização de um sonho e que esse espaço valoroso mostrou à população o quanto é importante ter um local adequado para os jovens e adultos estudarem. Elas destacaram ainda o atendimento feito na modalidade EJA – Ensino à Distância – com 52% de alunos beneficiados pela indústria local.

    Menor Aprendiz

    Zaccarelli falou sobre a questão do Menor Aprendiz e da “Lei de Cotas” do Portador de Necessidade Especial, onde enfatizou o trabalho do Departamento de Ação Regional (Depar) da Fiesp no sentido de viabilizar junto ao Ministério do Trabalho e Emprego a adequação da legislação.

    Orlando Toledo, supervisor do Depar, prosseguiu falando sobre o Capital Humano que possibilita o levantamento de informações sobre estatísticas, tais como: o ranking de empregos por municípios até o ano de 2011, o número de empregados, massa salarial, remuneração média por trabalhador e ainda, podem ser consultados todos os dados da região onde o município está inserido. Ele ressaltou a preocupação que as empresas devem ter em relação ao atendimento da cota de aprendizes e Pessoas com Deficiência (PcD’s), enfatizando que o Senai está preparado para realizar a capacitação dessas pessoas. Disse que a fiscalização do Ministério do Trabalho está sendo mais rigorosa, entretanto a Fiesp tem atuado para mostrar que o atendimento está sendo feito de forma contínua junto às indústrias.

    Dando continuidade, Zaccarelli abriu a palavra aos Conselheiros, onde a conselheira Rosimeire Francisco perguntou sobre a possibilidade de implantação de cursos no município de Nhandeara, com vistas ao atendimento da demanda da microrregião. Havendo a confirmação da demanda, o Senai viabilizará o atendimento e que, para a concretização, basta a Prefeitura local formalizar a solicitação; ela foi informada também sobre a oferta do Sistema Sesi de Ensino para as escolas municipais de ensino regular.

    Sérgio Braga mencionou ter tomado conhecimento, através de diversas pessoas, sobre a excelente qualidade de ensino, oferecido aos alunos do Sesi e parabenizou todos os envolvidos nesta questão. Zaccarelli encerrou a reunião, agradecendo aos participantes, mais uma vez, o tempo de dedicação deste grupo às ações de apoio à indústria da região.

    Estiveram presentes ainda a presidente da Airvo/Sindimob (Associação Industrial da Região de Votuporanga/Sindicato das Indústrias do Mobiliário), Adelia Porto, e os diretores Valdir Rodero de Oliveira; Valdir A. Pires; Sérgio Luiz Braga; Silvano de Oliveira; e Eduardo Costa, além de Daniel Andreati; Edilson Cesar Rodolfo; Alvaro Aparecido Pantelão; Deodete Geraldo; e Maria Aparecida Favaron.