• publicado em 23.03.2012
  • 1/3 dos brasileiros pretendem comprar móveis
  • Estudo foi realizado pela Cetelem BGN Brasil
  • Aproximadamente um terço dos brasileiros tem a intenção de adquirir móveis em 2012, segundo apontou a pesquisa O Observador 2012, a sétima edição do estudo realizado pela Cetelem BGN Brasil, desenvolvido em parceria com a Ipsos Public Affairs.

    O estudo, divulgado na manhã de quinta-feira (22/03) mostrou que os móveis estão no topo do desejo de consumo dos brasileiros. Entre os entrevistados, 31% afirmaram que certamente ou provavelmente iriam comprar artigos do mobiliário em 2012. O percentual ficou abaixo do registrado em relação a 2011, quando 40% afirmaram que desejam adquirir o item.

    Itens de decoração também serão adquiridos por 12% da população neste ano, segundo a pesquisa. No estudo anterior, 19% dos entrevistados informaram que planejavam investir na decoração da casa.  

    A redução na intenção de consumo, no entanto, segue a tendência dos demais itens da pesquisa. Por exemplo, 30% dos entrevistados afirmaram que pretendem comprar eletrodomésticos neste ano. Na pesquisa do ano passado, o número de entrevistados que planejava a aquisição deste item era de 38%.

    Já o número de brasileiros que pretendem adquirir propriedades continuou estável em relação a 2011. Na pesquisa 11% responderam que certamente ou provavelmente iriam adquirir um imóvel. Já a compra de carros deve ser uma das ações de 15% dos entrevistados. O número é menor do que os que desejavam um veículo na pesquisa referente a 2011, item que apresentou alta intenção de compra entre 18% dos entrevistados.

    Segundo a Cetelem, para a pesquisa foram ouvidas 1,5 mil pessoas em 70 cidades brasileiras, abrangendo nove regiões metropolitanas. As entrevistas foram realizadas na segunda quinzena de dezembro de 2011. Fonte: www.emobile.com.br